catedral.png

Policial Civil e foi presidente do Sindicato dos Policiais Civis do DF (Sinpol) por quase 12 anos.

Nasceu em Brasília em 23 de novembro de 1966. Sua mãe é do Piauí e seu pai Pernambucano. O primeiro local em que Wellington e sua família moraram no DF foi na Candangolândia e depois no Guará. No total são seis irmãos, dois já falecidos.

A vida era difícil e os pais trabalhavam duro para sustentar os filhos: “Minha mãe era funcionária pública e ganhava um salário mínimo que, muitas vezes, necessitava de complemento para as mínimas exigências de um lar. O nosso único móvel de nossa casa era uma mesa verde com quatro cadeiras”.

“Meu pai era muito ligado a nós, trabalhava de madrugada até escurecer. Diversas vezes ia para a padaria durante a noite para ajudar o padeiro, e recebia alguns pães como pagamento pelos serviços prestados. E com estes pães fazíamos a festa quando tinha algum pedaço de mortadela”.

“Já minha mãe sempre foi aquela mulher batalhadora e muito amorosa com todos nós. Apesar de já termos crescido, ainda hoje minha mãe mantém o mesmo amor de quando éramos crianças”.

d519ef0e-62ce-4f6f-94dd-1962fe51b446.jpg

"É UMA OBRIGAÇÃO NOSSA, EU ACHO QUE VOCÊ TEM QUE TER CORAGEM DE DEFENDER A POPULAÇÃO, É O MÍNIMO QUE VOCÊ FAZ"

- Wellington Luiz

Palácio do Supremo Tribunal Federal

EM DEFESA DA POPULAÇÃO

VOCÊ JÁ ASSISTIU?

A Câmara Legislativa não teve nenhuma resposta da Novacap, a respeito de questionamentos feitos sobre a queda do viaduto. Devido à isso, vamos representar junto ao Ministério Público contra a Novacap pelo forte indício de irregularidades. Não podemos admitir a omissão de informações ao órgão fiscalizador do DF.

NovaCap omite dados sobre viaduto: “Prova de culpa”

INSTAGRAM